• O microagulhamento é um procedimento médico, realizado pelo dermatologista, que utiliza geralmente um aparelho chamado de roller. O roller consiste em um rolo de polietileno cravejado de agulhas que variam em número, tamanho e formato. Há também modelos caseiros desse aparelho, vendidos pela internet, mas os devices utilizados pelo médico geralmente apresentam de 75-540 agulhas, variando de 0,25 a 3 milímetros.

  • Parece mágica, mas é pura ciência. Ao criar os orifícios, ocorre sangramento e, com ele, a sinalização de plaquetas, que ajudam a conter o sangramento. Com essa ativação, inicia-se uma produção de fatores de crescimento e, consequentemente, um estímulo para células como os fibroblastos formarem colágeno (proteína que dá sustentação à pele) e os queratinócitos produzirem a queratina, a proteína que forma cabelo, pele e unhas.

  • Outra consequência do microagulhamento é a promoção de expressão de genes que facilitam a produção de proteínas que culminam na formação dos cabelos: as células da papila dérmica (células-tronco) são estimuladas por proteínas codificadas por esses genes e os cabelos começam a aparecer no local do tratamento.

Microagulhamento Capilar